domingo, 29 de março de 2009

overdose de watchmen

E Watchmen foi a capa da edição de março da revista Set. São dez páginas dedicadas ao filme com entrevistas e artigos sobre o filme, incluindo uma listinha com os itens consumíveis que acompanharam este esperado lançamento.

Mesmo um fã neurótico há de concordar que acontecem certos absurdos quando um filme é lançado. Uma série de "bugigangas" acompanham os blockbusters assim como os títulos que são mais esperados e não rendem tanto quanto os produtores previram. Assim temos os baldes de pipoca, reloginhos, copos, bonequinhos, tazos, figurinhas, livros de colorir, lancheiras e mochilas, cadernos, agendas e até ovos de páscoa personalizados com o produto da moda.

As vezes, nem tão na moda.

É claro que quem viu o filme e gostou acaba comprando nem que seja para ter uma recordação, alguns colecionam mesmo, nada mais natural. O que não parece natural é o valor atribuido ao item.

Recentemente, quando do lançamento de Watchmen, foi divulgada uma edição encadernada para a coleção de gibis. O preço: 120 reais.

São doze edições, mas cento e vinte reais.... Livro de arte ..... talvez, ainda assim.

Algumas lojas online estão oferecendo o titulo a preço promocional, o que me diz que as vendas não foram o esperado.

Para os leais fãs a Panini colocou nas bancas os mesmos quadrinhos divididos em duas edições a 29 reais cada . Menos mal. Afinal quem precisa de uma edição de luxo??

O problema vai ser se alguma loja se dispor a reduzir o preço dessa edição abaixo dos sessenta,aí sim cairemos num dilema: Comprar ou não comprar, eis a comoção.

Vai ter fã com overdose de quadrinhos.
Ainda na onda Watchmen, há o título "Contos do Cargueiro Negro", desenho de meia hora contando a estorinha que Bernie lê ao longos dos quadrinhos encostado no hidrante elétrico ao lado da banca de jornal do Bernard, que saiu em dvd este mês nos Estados Unidos e deve já deve estar pela rede . No mínimo, é uma estória interessante.
Nota: apesar de me garantirem que o autor do gibi dentro do gibi era um dos "abduzidos" por Veidt que constroem o "monstro" que explode em NY, eu li e reli e não achei a parte que conta o que aconteceu ao autor. Foi só eu???


4 comentários:

JuANiTo disse...

Olá! Valeu, mas são canções que escrevi e resolvi postar até pra guardar... muita parecem poesias e até soam como uma...mas não conheço nada sobre regras se é que há alguma.
Otimo blog de discussão pra qm gostaq de filme e seriados!
Abraço!


http://sentimentomediano.blogspot.com

Eu amo a E.Y. disse...

O pessoal tem que aproveitar que o watchmen tá na moda. O negócio é empurrar goela abaixo do povo tudo que puder...


Valeu pelo comentário no meu humilde blog. Sua questão foi muito bem colocada: apesar de ter 99% de chance dela ter odiado a minha carta, o 1% restante ainda me deixa angustiado. Mas eu vou pôr fim nisso em breve.

Um grande abraçO!

Caio Coletti disse...

Estou lendo "Watchmen" agora que ouvi falar do filme, mas jah tava com vontade de ler há tempos. Estou no meio dessa primeira edição de 29 reais. Preciso acelerar para acabar de ler antes que o filme saia de cartaz nos cinemas. De qualquer forma, sou colecionador fiel de SET, a melhor revista de cinema do Brasil, é bom saber que tem mais alguém por aqui que lê. A matéria do "Watchmen" foi exemplar, muito bem feita e completinha mesmo. Ofuscou todo o resto da revista.

Que bom ter com quem discutir isso!
Abraços
http://filme-pipoca.blogspot.com/

LADY DARK ANGEL disse...

DESDE Q AS PESSOAS Q ESCREVEM D+ ESCREVAM COISAS BOAS
OBRIGADA PELA VISTA
BJOS

BONES-CINEMA-TV
>