domingo, 26 de julho de 2009

A Experiência IMAX



A tela É grande!!! Achei que seria mais larga mas o que impressiona é a altura mesmo.Parece que ela sai do chão.
A primeira sala Imax em São Paulo pertence ao Unibanco Arteplex e está situada num shopping da zona oeste com pouco mais de trezentos lugares. Inaugurada no inicio do ano com um documentário, até agora não havia exibido um filme que chamasse grande quantidade de público. Desde dia 15 deste mês entrou em cartaz Harry Potter e o Enigma do Príncipe com 12 minutos em 3D, sério, só 12.
Uma maratona marcou o primeiro dia de exibição com sessões a partir da meia noite e um e sala cheia a cada três horas.
A imagem mais nítida pode ser culpa tanto da definição melhorada ou dos óculos novos, fiquei na dúvida... no geral foi uma experiência interessante.
Agora a sala... pequena sim, a inclinação poderia ser maior para que baixinhas como eu não tenham que ficar desviando das cabeças à frente, mas o som é fenomenal!!!!
Dava a impressão que eram as pessoas dentro do cinema que estavam falando.
Se a moda pegar espero que as futuras salas sejam melhores.
Mas para a novidade foi melhor que a encomenda.


Ps.: que óculos affff. parecíamos mergulhadores.

4 comentários:

Caio Coletti disse...

Que legal! Sorte a sua que mora em SP, eu aqui no interior, cinéfilo sofre em cidade pequena, fica sabendo das novidades e demooora para chegar... rsrs. Mas enfim, deve ter sido demais experienciar um filme como HP6 dessa forma diferente... :D

Só para aproveitar e já falar do Alice do post anterior, mal posso esperarpelo filme!

Abraço

ELENZINHA disse...

AMEIIIII NOSSA FOTO AI...BJUS!

Cary disse...

oooi!
aaah, nussa, eu nao tinha visto o selo, foi maaaaals ,
mas agora eu ja achei, brigada pela indicação! *_*
vou postar assim que der!
beijooos!

Caio Coletti disse...

Se decepcionou coma nova SET? Eu gostei, é claro que senti falta do papo de nerd que o Sadovski promovia lá, mas quanto a cinema de verdade a revista está boa sim. A matéria do HP6 ficou boa, a do filme do Sam Raimi também, só não me agradou mesmo todo aquele espaço pro Lars Von Trier, nunca fui muito fã dele, superestimado.

Mas gostei sim... Ah, a seção de DVD com o Rodrigo Fonseca também teve seus altos e baixos, achei a crítica do "Crepúsculo" injusta e mal-fundamentada... Mas enfim, nos resta torcer pra que eles encontrem o equilíbrio que todo mundo quer, né?

Abraços cinéfilos.

BONES-CINEMA-TV
>