sexta-feira, 1 de agosto de 2008

PRISON BREAK

Finalmente!!!! Foram meses !!!
Prison Break é aquele tipo de seriado que a gente promete não ver nunca mais toda vez que assiste. Ele não acaba. É um gancho seguido de outro gancho com episódios que não evoluem nem um milimetro de estória entre eles. Por que assisto? É simplesmente contagioso.
Michael Scofield era um profissional respeitado, um jovem bem situado, independente até que seu irmão nem tão esperto foi preso , julgado e condenado à morte. Aí Michael tatuou a planta de uma prisão de segurança máxima num intrincado desenho em todo o seu corpo, entrou num banco e disparou uma arma de fogo. Foi preso e conseguiu que fosse mandado para mesma prisão em que seu irmão estava, a de segurança máxima, o plano era fugir levando seu irmão. Plano intricado cheio de pequenos detalhes com mudanças de última hora a cada passo, mas, funcionou.
Fora da prisão então levando uma comitiva de fugitivos agregados durante o planejamento eles têm que encontrar primeiro o dinheiro escondido por um dos prisioneiros , fruto de um assalto décadas atrás, lá se vai metade da temporada, chegar ao Panamá toma a outra metade. Um agente obcecado que persegue os fugitivos é destacado nesta temporada também assim como os dramas paralelos de cada um dos coadjuvantes.
No fim da segunda temporada uma reviravolta e mocinhos e bandidos já partilham alianças. O governo é o vilão, um plano envolvendo a vice presidente vem a tona, Michael está a um passo de inocentar seu irmão, Aí, tudo muda novamente e Michael é mandado para uma prisão no panamá na qual nem a polícia entra e... sem seu irmão e... com o agente obcecado. E temos a Terceira temporada engatilhada.
Com certeza vou xingar muito esta também, vou remover objetos quebráveis da sala, e vou acompanhar cada minuto pois, afinal, é pra isso que seriados servem,não é?

2 comentários:

Coldheart disse...

excelente blog...
voltarei com mais calma..

Coldheart disse...

o meu www.kalyugatimes.blogspot.com

BONES-CINEMA-TV
>